Buscar
  • @tonfabricio

Análise | A Sentinela - Arrebentando muito marmanjo por aí


A Sentinela é o mais novo filme original Netflix. De origem francesa, a produção é uma mistura de traumas com muita ação, onde temos Klara (Olga Kurylenko), uma soldada que vivenciou o pior dentro de conflitos em países árabes e que agora sofre as sequelas disso, fazendo parte da patrulha contra terroristas em meio a cidade. Entretanto, ao voltar para casa e ter uma rotina mais leve, ela descobre que sua irmã sofreu uma agressão física e sexual. Com sangue nos olhos, a protagonista busca justiça (ou vingança) e não sossega enquanto não atingir seu objetivo.


Lugar de mulher é na ação SIM!


A trama é muito bem amarrada, inclusive a atriz da um show de atuação. As cenas traumáticas encaradas pela Klara me lembraram bastante o filme Sniper Americano e O Resgate, pois, mostra a protagonista sempre em alerta de perigo mesmo em situações mais tranquilas.


A guerra é um ambiente que destrói muitas mentes e muitos militares ficam violentos, e isso é abordado perfeitamente em A Sentinela. Dentro do trabalho, Karla começa a ser vista como um problema, pois suas péssimas experiências passadas tomam conta dela no presente.

Mesmo assim ela tenta relaxar e dar uma chance para viver (ninguém é de ferro, né, gente?). Junto de sua irmã Tanya (Marilyn Lima), ela vai para uma balada para relaxar e dar uns beijos (vou julgar? Não vou). Tudo se complica na manhã seguinte quando ela não recebe notícias de sua irmã. Infelizmente ela descobre que Tanya está em coma em um hospital, pois foi agredida fisicamente e estuprada. Tomada pela furia, ela decide fazer o que for possível pra descobrir quem foi o responsável e faze-lo pagar.


Muita ação, mas pouco aprofundamento


A Sentinela é cheio da ação e ação boa! As cenas de lutas, socos e tudo mais são incríveis, tudo com uma certa coerência e nada surreal como Velozes e Furiosos. Apesar disso, o começo do filme é um tanto arrastado, deixando o melhor para o fim.

Outro ponto não tão bom é quando o responsável é encontrado (sem spoiler). Quem produziu o filme passa uma sensação de descaso, pois a revelação não explora nenhum mistério por trás, nem mesmo flashbacks mostrando como tudo aconteceu. Porém, mesmo que o final possa não ser como muitos gostariam, ainda assim pode ser reconfortante para a maioria.

Aproveitem para assistir A Sentinela na Netflix!! Não se esqueçam de nos seguir nas redes sociais!!

0 comentário