Buscar
  • Carolina Mezalira

Análise | Duna – Será o próximo ganhador do Oscar?

Por conta da pandemia, várias produções hollywoodianas foram adiadas, sem previsão de estreia, mas, depois de muito tempo, os fãs de ficção cientifica podem dar pulos de alegria, pois já é possível conferir Duna nos cinemas de todo o Brasil. Estrelado pelos astros Timotheé Chalamet e Zendaya (tenho que confessar sua participação me decepcionou!), será que vale a pena a compra do ingresso?


Afinal. do que se trata a história?


O novo filme da Warner Bros foi adaptado do livro homônimo do escritor Frank Herbert, já tendo ganhado uma produção cinematográfica nos anos 80. Muitas pessoas disseram que a versão de 2021 é muitooo melhor, e isso pode ser porque David Lynch decidiu transformar as 600 páginas em 2h17 minutos de filmes, deixando cansativo para o público.


Na trama acompanhamos Paul Atreides, um jovem que pertence ao planeta Arrakis, lugar que está quase se extinguindo. Portanto, resta ao protagonista atravessar o deserto com sua mãe para, assim salvar seu povo. É uma aventura de tirar o fôlego, com muita traição, sangue e luta.


O senhor dos anéis da atualidade

Podemos dizer que o a história do diretor Dennis Villeneuve segue a mesma linha de famosos filmes distópicos, onde os produtores explicam muito pouco da trama e deixam a imaginação do público correr solta.


Nesse tipo de gênero, contamos com muitos personagens e cenários ricos e criativos, sendo a mistura perfeita dos elementos de Star Wars, Senhor dos Anéis e Game of Trones. Se vocês gostam dessas três franquias, provavelmente vão amar Duna!


Esperava mais da Zendaya...

Convenhamos que a maioria das pessoas foram assistir o filme pela atuação de Zendaya, estrela de filmes como O Rei do Show e a trilogia do Homem Aranha, mas sinto em lhes decepcionar que aqui ela só aparece 10 minutos durante 2h30, com uma participação bem mais ou menos, que não acrescenta nada na trama.


Mas já foi informado que na continuação a atriz terá sua vez de mostrar para o que veio! (devo confessar que pelos trailers fiquei muito empolgada em vê-la em ação - Poxa, não foi dessa vez!).


Filme belíssimo com um ritmo lento


Que a fotografia do longa é lindíssima, não posso negar, e por conta dela,, ele pode ter um futuro na premiação do Oscar. A única coisa que o longa deixou a desejar foi que, até a primeira metade do filme, a trama demora para engrenar, deixando um pouco maçante para os telespectadores.


Mesmo que não agrade todos os tipos de público, por conta de seu ritmo cansativo, Duna é uma trama perfeita para os fãs de distopia, que não vão desgrudar os olhos da tela.


Vocês assistiram Duna? Gostaram? Não se esqueçam de seguir o Fendageek para ficarem por dentro das novidades!

0 comentário