Buscar
  • Carolina Mezalira

Análise | Elite: Temporada 3 - Uma pouco de Riverdale , um pouco de 13 Reasson Why e muita bagunça!

Atualizado: 24 de jan. de 2021

Elite é uma Série teen Espanhola da dona Netflix, dá para ver que a patroa dos Streamings está conseguindo fugir do foco Hollywoodiano com suas produções mais recentes!


E hoje eu trouxe a análise da 3 temporada desse grande sucesso, como forma de aquecer seus coraçõezinhos para a quarta temporada (Chegue logo pela mor de deus, nunca te pedi nada).


Sinopse


A série da Patroa Netflix passa num colégio super importante da Espanha, onde temos alunos muito ricos e em meio a tanta grana estão os bolsistas Samuel (Itzan Escamilla), Nádia (Mina El Hammani) e Christian (Miguel Herran).


No terceiro ano, desde o começo, já sabemos que Polo (Álvaro Rico) seria assassinado (Eta série que gosta de matar pessoas!!!) e outra vez a temporada gerou em torno de descobrir quem foi o responsável.


Por fim, Elite não e só isso, ela é muito mais profunda, temos problemas familiares, descobrimento da sexualidade, além disso o destino de alguns personagens está na balança, já que eles estão prestes a ingressar na vida universitária.


Flashbacks


Assim como nas temporadas principais, Elite tem a mesma característica, ou seja, são mesclados acontecimentos atuais com ponto de vista passados dos personagens, mas que no final acabam se entrelaçando.


Os produtores acertaram nessa decisão, já que se trata de um seriado de investigação, porém algumas cenas acabam ficando repetidas. A cada novo episódio um suspeito diferente do assassinato do Polo é investigado e o episódio se foca nessa pessoa o que faz com que todo o elenco passe por interrrogatório, ja que todo mundo tem algum motivo para mata-lo. (Depois de tudo isso já teria tirado meu filho dessa escola).


Rumo a vida universitária, né mores?


A diferença para as temporadas anteriores é que aqui nossos personagens estão finalizando o colégio para ingressar numa universidade. Com isso, vários assuntos familiares foram abordados de forma mais intensa, já que muitos desses personagens irão embora do colégio, alguns com finais felizes e outros nem tanto.


Representatividade!!!!!!!!


Como toda série teen da atualidade sempre tem muita diversidade, em Elite não seria diferente. Aqui temos homossexuais, personagens de outras etnias e religiões e o que os move, independente das diferenças, é a sede por justiça de Marina, afinal ela foi morta de uma maneira brutal lá na primeira temporada.


A 4 temporada está por vir....


Sim!!! Os fãs podem comemorar, mas não tem uma data definida devido a pandemia do Coronavírus, o que sabemos é que alguns personagens repetiram de ano e novos surgiram para suprir a falta dos antigos.


Elite é uma série sobre justiça, porém acima de tudo eles são adolescentes e que apesar de todas as diferenças estão unidos por algo em comum, por fim é aquele seriado que vemos só para nos distrair.



0 comentário