Buscar
  • Carolina Mezalira

Análise | Em Guerra com o Vovô – Engraçado na medida certa!

Esse filme é para aquelas pessoas que gostam de uma boa comédia estilo sessão da tarde para sentar-se no sofá e aproveitar um bom filme. Em Guerra com o Vovô é dirigido por Tim Hill, conhecido pela trilogia Alvim e os Esquilos.


Primeiro, confiram o trailer desse divertido longo e depois a nossa opinião, bora lá?


Sinopse:

Essa família é muito unida, laiá laiá...

A comédia baseado no livro do escritor Robert Kimmel Smith, conta a história de Peter (Oakes Fegley), um menino de 12 anos que necessita sobreviver ao bullying sofrido por alunos maiores da sua escola e ao mesmo tempo ceder seu quarto para seu avô Ed (Robert De Niro).


Com essa decisão, o garoto tem que se mudar para o sótão para que seu avô fique mais a vontade em seu quarto, contrariado, Peter decide iniciar uma guerra com o idoso, mas as coisas fogem do controle, literalmente...

Essa relação tinha tudo para ser linda!

Que elenco...

A química entre Peter (Fegley) e seu avó Ed (De Niro) é maravilhosa, conseguindo retratar as cenas da guerra de forma sutil. Robert De Niro entrega com muito amor um idoso teimoso que acha que pode morar sozinho, mas no fundo só precisa de atenção da sua família, algo enfrentado por muitas famílias brasileiras (com certeza você vai se sentir representado nessa relação entre neto e avô).


Não podemos esquecer de falar dos demais componentes dessa família incluindo a lindíssima Uma Thurman dando vida a Sally, uma mãe carinhosa que cuida dos três filhos com muito amor ao lado do marido, Arthur (Rob Riggle). A fofíssima Jeniffer interpretada pela atriz Popy Gagnon e a irmã mais velha Mia (Laura MaranoAustin e Aly), responsável pela maioria das cenas engraçadas.


Estilo sessão da tarde...

Não vai achando que é um filme profundo, pois vocês podem se decepcionar, mas para quem quer curtir uma história da relação entre neto e avô com piadas engraçadas, mas muitas vezes forçados, levando em consideração essas observações é um prato cheio para curtir com a família num domingo a tarde, vocês vão sair com o sorriso no rosto, ainda mais no período turbulento que estamos vivendo onde necessitamos de leveza na nossa vida.


As piadas funcionam...

Algumas pegadinhas se tornam muito exageradas e até mesmo repetitivas, deixando o telespectador cansado, já em outras situações as piadas acabam sendo trazidas pelo roteiro e parecem que estão na trama apenas para ocupar o tempo de duração, com isso são deixadas de lado e não são aprofundadas.


Será que vai ter continuação?


O final do filme deixa um gancho para uma possível continuação, deixando a entender que pode surgir outra batalha entre eles, mas desta vez focando num lado mais sentimental dos personagens.


Em Guerra com o Vovô é para aqueles que gostam de um filme leve e engraçado na medida certa, tendo uma mensagem linda por trás, lembrando que se vocês assistirem sem pretensão de nada a experiência pode ser melhor.




0 comentário