Buscar
  • @danilomiguel08

Análise | Grace & Frankie: Temporada final - A hora do adeus mais emocionante de todos

Dar adeus para aquilo que amamos é sempre um exercício difícil de ser concluído, mas, em algumas ocasiões o único jeito de seguir em frente é deixar ir.

7 anos com o coração quentinho, é hora de nos despedirmos!

A última temporada continua focada em desenvolver todos os personagens principais e secundários de forma equilibrada, dando tempo para todos brilharem. Grace e Frankie tentam emplacar um novo negócio, Robert e Sol enfrentam problemas em casa, Brianna continua buscando fazer seu relacionamento dar certo mesmo com as diferenças, Mallory agora é a chefe, Coyote continua focado em endireitar sua vida definitivamente e Bud precisa entender qual caminho quer seguir daqui pra frente.


O tom de despedida é inevitável em quase todos os 16 episódios, mas todas as tramas conseguiram ser minimamente desenvolvidas e finalizadas até o capítulo final. Os desafios e dramas da terceira idade mais uma vez foram protagonistas ao mesmo tempo que problemas contemporâneos são presença registrada. Apesar do hiato entre os 4 primeiros episódios e os 12 últimos, o ritmo da temporada se manteve estável e não causou tanto estranhamento nesse quase 1 ano de espera.

Vai ser difícil encontrar uma dupla que funciona tão bem como essas duas

"Grace and Frankie" sempre buscou se manter leve e divertida, mesmo trazendo variados temas como pano de fundo para as mais diversas discussões. Com um elenco carismático e facilmente amável, os 7 anos da série deixam um legado e uma lição de como equilibrar problemas da vida real com a ficção. Jane Fonda e Lily Tomlin são joias extremamente preciosas, artistas que sempre estiveram à frente de seu tempo e que nem precisam se esforçar para serem magníficas. Essa com certeza é uma daquelas produções que vai deixar uma saudade interminável, mas que felizmente foi finalizada no momento certo e sem perder 1% do seu esplendor. Netflix tomou a decisão correta!


0 comentário