Buscar
  • Giulia K. Rossi

Análise | Hacks: 2ª temporada - Comédia acerta mais uma vez com humor ácido e inteligente!

A mais improvável dupla de comediantes está de volta! Aclamada pela crítica e adorada pelo público, a série Hacks retorna para a sua segunda temporada, acompanhando a experiente Deborah Vance e a novata Ava em novas situações cômicas, repletas daquele humor ácido e moderno que marca a produção.


O segundo ano começa logo depois dos acontecimentos da primeira temporada, que dá início a turnê de Vance (Jean Smart) e sua equipe, enquanto o público fica na expectativa para saber como irá se desenrolar a obscura parceria entre Ava (Hannah Einbinder) e Debra, após a jovem jogar sua mentora aos cães, com um e-mail revelador (e um tanto perturbador) sobre os abusos da comediante.


O que é bom dura pouco (ou não)


Criada pelo trio Lucia Aniello, Paul W. Downs e Jen Statsky, o seriado foi um dos queridinhos do Emmy no ano passado, e não é a toa. A segunda temporada segue com as mesmas piadas inteligentes e engraçadas, sempre misturando muito bem os momentos dramáticos com os cômicos e leves. É um prato cheio de qualidade para todo o tipo de público, além de um baita show de atuação de Smart e Einbinder.


Nesse aspecto, vale ressaltar que o novo ano da produção trabalha muito bem o amadurecimento de Ava e Debra tanto individualmente, quanto como dupla. O roteiro e a direção vez ou outra mais intimista, não esconde a complexidade de ambas, tirando-as do patamar comum de protagonistas e as inserindo também como as vilãs de suas próprias histórias. Elas não são anjinhos, e tá tudo bem. Ou não está, mas essa é a questão,


Mais do que um alívio cômico!


Enquanto a química entre Jean e Hannah é impecável, o resto do elenco também segue mais talentoso do que nunca. A segunda temporada explora muito bem núcleos que não só o principal, e desenvolve o personagem de Jimmy (Paul W. Downs) como mais do que apenas o empresário molenga, e explora os sentimentos de Marcus (Carl Clemons-Hopkins) fora do "mundinho Vance", se aprofundando no seu vício no trabalho. Até mesmo a excêntrica (pra dizer o mínimo) Kayla (Megan Stalter) mostra um surpreendente novo lado, ao mesmo tempo que sua dinâmica com Jimmy sempre rende boas risadas.


Contudo, embora a temporada esteja cheia de destaques positivos, também precisamos falar sobre aquilo que deixou a desejar, ou melhor, nem apareceu no rolê. Por um lado, um dos melhores aspectos do segundo ano foi o crescimento de alguns personagens secundários, de outro, foi exatamente o oposto. Afinal, até mesmo as raras aparições de DJ (Kaitlin Olson), são melhores do que o pouco (ou quase nada) aprofundamento de Damien (Mark Indelicato) e Kiki (Poppy Liu). Eles podiam contribuir com mais do que uma ou outra piada!


Entretanto, de modo geral, Hacks mostra mais uma vez que comédia e diálogos sinceros podem facilmente coexistir na mesma série. A segunda temporada é tão ousada quanto a primeira, usando o seu elenco talentoso ao seu favor e desenvolvendo novos relacionamentos que não tiveram seu tempo de brilhar no ano antecessor (e é claro que estou falando da linda surpresa de ver Ava e Marcus como amigos!).

Sem sombra de dúvidas, a segunda melhor dupla da série!

Será que é o fim?


Sem forçar a barra, o segundo ano trilha uma divertida jornada de amadurecimento, perseverança, parceria e amizade, cheia de piadas ácidas e situações pouco convencionais ao longo do caminho. Se a primeira temporada conquistou o público, a segunda veio para roubar os nossos corações de uma vez por todas.


Em um tom quase de despedida, o seriado se concretiza com um sentimento agridoce. Após uma road trip marcada por importantes momentos, especialmente para Debra, que cada vez mais percebe o que levou ela a ser... ela, o percurso da veterana e Ava nos últimos episódios corre com poucas tensões, resultando em um desfecho inesperadamente feliz. Então, somos deixados com aquela sensação amarga, de que talvez isso seja o fim.


Agora, nos resta saber: Quando a lendária Deborah Vance vai conseguir o seu maldito e merecido talk show?!



0 comentário