Buscar
  • Felipe Lucas

Análise | Headspace - meditação guiada : para quem quer iniciar o ano zen

Saudações Fender! Um novo ano se inicia e com ele novos planos e talvez até um novo estilo de vida não é mesmo? Você colocou como meta para este novo ano relaxar? Se sim, uma nova produção Netflix em parceria com a Headspace promete te ajudar com este objetivo. Para quem está curioso e quer saber mais, estamos falando da série Headspace – Meditação Guiada, que através de uma animação muito dinâmica e objetiva, te ensinará como meditar e ter dias melhores.



Vem comigo conhecer mais sobre esse cristalzinho de série, que conta com apenas oito episódios de cerca de 20 minutos cada, e teve sua estreia mundial no dia 1º de janeiro na plataforma de streaming. Confira o trailer a seguir:



A demanda por tranquilidade


Durante o período de isolamento social necessário durante a pandemia do coronavírus, os aplicativos de meditação e os serviços de streaming tiveram um grande número de novas assinaturas. Até que, por fim, a união dessas duas plataformas aconteceu: um aplicativo de meditação lançou uma série sobre meditação em uma plataforma de streaming!


De acordo com o anúncio da Netflix, essa parceria renderá 3 séries sobre meditação que serão lançadas em 2021 – todas produzidas pela Vox Media Studios, que possui em seu portfólio o grande sucesso que é a franquia “Explicando”.



A plataforma iniciou com chave de ouro com a série Headspace – Meditação Guiada, que estreiou mundialmente no dia 1º de janeiro. A segunda série, “Headspace – Guide to Sleep”, e uma experiência interativa serão lançadas depois e suas informações serão divulgadas nos próximos meses.


Headspace – Meditação Guiada explora a base da meditação e como ela pode nos ajudar a estar mais presentes e menos distraídos na vida cotidiana. Cada episódio foca em um benefício diferente e começa ensinando a abordagem e técnicas para depois finalizar com uma meditação guiada. Andy Puddicombe, cofundador da Headspace e ex-monge budista, conduz cada passo ao narrar os oito episódios. Sua voz é acompanhada por uma animação divertida e uma música relaxante.


Descomplicando a meditação


Um dos pontos mais interessantes da série é como ela te tranquiliza a respeito da prática meditativa. Desde do primeiro episódio a animação te ensina que meditar é um exercício que exige tempo, prática e dedicação, e está tudo bem se você não conseguir logo na primeira vez. Além disso, a série procura trabalhar o conceito que as pessoas tem de que meditar significa "não pensar", quando na verdade significa deixar que os pensamentos venham e vão de forma livre.


Outro ponto interessante é que em casa episódio o espectador será apresentado a uma técnica de meditação diferente, com um propósito diferente, que ensina desde o controle do estresse à adoção da gratidão, ou até mesmo como lidar com a dor física e viver com mais qualidade. Assim você sempre pode voltar naquele episódio que considerar mais necessário para você e praticar o quanto desejar.


Por fim, um outro detalhe importante que a série traz é que você não precisa ser um expert em meditação para começar a sentir os benefícios dela, e te ensina que a primeira coisa a ser apreciada é o tempo que você tira para você, a sensação de estar parado e quieto, em paz consigo mesmo e aproveitando aquele momento.


Minutos de sabedoria



Nem só de meditação vive a série. Em cada episódio antes da sessão guiada, somos inseridos no tema onde o narrador faz reflexões e conta histórias muito interessantes, sejam elas do tempo em que ele era monge budista e vivia em um monastério ou de quando ele treinava pessoas na prática meditativa. A belíssima animação colorida e dinâmica ajuda a criar a atmosfera imersiva e reflexiva necessária para os exercícios e são um espetáculo à parte.


Outro aspecto da série que chama a atenção é que ela busca fundamentar os benefícios da meditação em estudos científicos – realizados em Universidades ao redor do mundo – comentados pelo narrador durante cada episódio, e que ajudam a entender os efeitos reais dessa prática no nosso organismo enquanto praticamos.


Uma boa maneira de começar e recomeçar


Se você começou o ano com a proposta de ser uma pessoa mais zen então a Headspace – Meditação Guiada é uma boa pedida. A série entrega o que promete em uma produção linda e imersiva, que é capaz de orientar aqueles que buscam se iniciar nessa prática de forma gradual e orgânica. Aliás, é importante dizer que essa não é uma série para se "maratonar" ou assistir com pressa, uma vez que isso acaba prejudicando a experiência de meditar sobre cada tema com tranquilidade.


Mas não somente os novatos vão se beneficiar da série, que inclusive possui dificuldade crescente dos exercícios, chegando até mesmo na meditação transcendental. Se você já teve experiência com meditação e deseja voltar a praticar, a animação também vai te ajudar bastante a retomar os exercícios seja qual for o seu objetivo.


E aí, deu vontade de começar a meditar?! Conta aqui nos comentários o que você pensa sobre o tema e se curtiu esse lançamento da Netflix. Ah, e não se esqueça de conferir outras análises de lançamentos aqui no site:


Análise | The Wilds: Vidas Selvagens - Uma mistura de Lost e The Society

Análise | Vikings - Nos vemos em Valhalla Análise | O Mundo Sombrio de Sabrina

0 comentário