Buscar
  • @tonfabricio

Análise | Jovens Bruxas Nova Irmandade - A magia está de volta

Jovens Bruxas - Nova Irmandade estreou nesta quinta-feira (05) nos cinemas brasileiros. Para quem não sabe, este filme é uma sequência do clássico Jovens Bruxas dos anos 90.

Sempre que falamos de um reboot, remake ou sequel, os fãs ficam divididos, afinal, uns acham que o bom não deve ser mexido, enquanto outros acham que vale a pena se reinventar, pois geralmente inserem detalhes a mais.

A nova produção tem uma história muito similar em alguns pontos e diferente em outros. Jovens Bruxas - Nova Irmandade tem como protagonista Lily (Cailee Spaeny - Devs), uma jovem que se muda com sua mãe para a casa de seu novo padrasto. Embora ela esteja infeliz com as mudanças, seu altruísmo fala mais alto e ela tenta fazer dar certo.

Em seu primeiro dia de aula, uma situação embaraçosa a faz chorar. Devido a isso, três garotas vão até ela para ajudá-la. É aí que começa uma grande amizade entre as quatro.

As três estudantes são bruxas e falam sobre isso com a nova do grupo. Lily acaba se interessando e um coven se forma, apesar de muitos problemas começarem a surgir.



A sequência deveria existir?


Particularmente eu gostei. Existem muitas falhas e roteiros corridos. Além disso, eu detestei com força os "glitters" na banheira... Achei um efeito infantilizado, enfim... Como se isso não bastasse, o filme é bem previsível, apesar de (talvez) surpreender na cena final. Mas se forem pensar bem, o antigo também não é o melhor filme do mundo, colocando ambos QUASE no mesmo patamar.

Mesmo com esses detalhes preguiçosos, o filme é interessante. Eu achei a atriz principal fofíssima (eu queria ser amigo dela pra sempre!). Além disso, o filme aborda assuntos LGBTQs, machismo e o empoderamento feminino, me agradando bastante. Jovens Bruxas - Nova Irmandade é um filme sem uma grande história por trás, mas é uma obra que homenageia o antigo e dá vontade de estudar magia enquanto se assiste. Agora é só ficarmos atentos sobre um possível terceiro filme, já que a cena final deixe um gancho para uma futura continuação. Tomara!!

Vocês já viram o filme?? Acham que deveria existir essa sequência?? Comentem!!

0 comentário