Buscar
  • @tonfabricio

Análise | Lupin - Um seriado que promete, mas não cumpre

Atualizado: 25 de jan. de 2021

Baseado nos romances policiais de Maurice Leblanc, o seriado Lupin está disponível na Netflix e conta com apenas cinco episódios (se tivesse pelo menos uns oito, já teria sido melhor trabalhado). Na trama, acompanhamos Assane Diop (Omar Sy -Intocáveis), um homem que busca justiça por seu pai após ter sido acusado injustamente, além de ter morrido após isso.



Enfrentando a cega justiça e despistando policiais, Assane mostra que está sempre à frente deles através de suas táticas e inteligência. Além disso, Lupin faz uma crítica social ao racismo instaurado na sociedade.


Netflix, você me prometeu!


Antes de tudo, eu gostaria de dizer que a intenção e a sinopse da série são ótimas, porém os produtores não souberam fazer funcionar (quero a versão Lupin Cut na minha mesa agora!). A obra vai além do clichê, ela pega um caminho extremamente previsível e sem sal.


Eu estou acostumado a ver produções como How to Get Away with Murder e Prision Break, onde nada do que parece ser é, levando o telespectador à loucura com plot twists. Entretanto, nada disso acontece em Lupin. As cenas ''surpreendentes'' são o ápice do previsível.



Além disso, Lupin é recheado de cenas sem sentido, onde policiais cruzam com o protagonista algumas vezes, mas se esquecem completamente que o viram anteriormente (sério, produção?).


Sem contar uma cena do trem. Um momento totalmente descartável, não agregando em absolutamente nada. E ao longo da série, vemos muitos personagens que sabem sobre o plano de Assane e até mesmo sobre sua identidade, mas ninguém fala nada para os policiais, sem nenhuma explicação. Dá uma impressão que os produtores duvidam da capacidade cognitiva de quem assiste, pois não é possível!


Rei dos disfarces, só que não



Outro ponto extremamente falho é o marketing em cima da série dizendo que o personagem é o rei dos disfarces. Assane se disfarça apenas uma vez dentro da história, de resto, ele apenas troca de roupa (isso chama-se botar a roupa suja na máquina e vestir uma camiseta e calca nova e limpa). Lupin é um seriado decepcionante...


Segunda temporada?



Infelizmente sim. Como eu disse anteriormente, se a primeira parte tivesse mais episódios, seriam o suficiente para dar um começo meio e fim, mas não, a história vai se arrastar mais um pouco. Mesmo com tantas falhas, eu sinceramente espero que melhores em muitos pontos, pois a intenção na teoria é boa, mas na prática é um desastre. Aguardemos...


Aproveitem para comentar, compartilhar e nos curtir nas redes sociais!!

0 comentário