Buscar
  • @tonfabricio

Análise | Mulher Maravilha 1984 - Um filme com uma mensagem emocionante

Atualizado: 14 de jan. de 2021


Após adiamentos, finalmente Mulher Maravilha 1984 chegou triunfante. Disponível na HBO Max e recém lançado nos cinemas, o filme veio com uma proposta nova: outros antagonistas, uma nova heroína, além de novos conflitos. Embora a obra não tenha sido tão bem amarrada e cativante quanto o primeiro filme, ainda sim MM84 conquista, além de ser capaz de derrubar lágrimas de muita gente. Mulher Maravilha 1984 vai além de um filme de heróis e vilões, pois a produção dá um chacoalhão no telespectador para refletir sobre o que é realmente importante na vida.


Muito antes de 1984


O filme começa em Themyscira, com Diana (Lilly Aspell - Extinção) pequena, mas com a valentia de uma mulher adulta. Em uma competição eletrizante, as amazonas competem para mostram quem é a melhor nos desafios. O desenrolar do momento (relaxem, pois não vou dizer se ela ganha ou perde) traz uma mensagem muito importante na vida da pequena, mensagem principal dessa nova trama.

Enfim em 1984, Diana (Gal Gadot - Liga da Justiça) agora é uma mulher mais madura, fechada para si e um pouco amargurada, ou seja, com um jeito de ver as coisas bem diferente do momento em que ela pisou em terras estrangeiras pela primeira vez, onde tudo era um vislumbre e sorria constantemente. A semideusa perdeu seu grande amor na guerra e ainda não conseguiu superar tamanha perda, levando-a a evitar contatos afetivos.

Por alguns segundos, seu momento de amargura se converte em esperança, quando uma pedra chega no Museu onde ela trabalha para ser investigado. A protagonista agarra a antiguidade e faz um pedido (o não ela já tinha né?), pois existe uma lenda de que a pedra realiza o desejo de quem a toca. Será que foi uma boa ideia?


A pedra é a razão do desenrolar do filme. É como a frase da concorrente da DC: ''Com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades''.


A Mulher-Leopardo


Um dos pontos mais fortes do filme!! Kristen Wiig (Caça-Fantasmas), atriz que interpreta a Mulher-Leopardo brilha em carisma. Se Gadot conseguiu iluminar qualquer sessão de cinema no primeiro filme, dessa vez foi a vez de Wiig triunfar!! Sua personagem, a doutora Barbara, é uma doçura (no começo) de pessoa que dá vontade de encontrá-la e torcer para tê-la como sua grande amiga!

Além disso, MM84 mostra o processo da personagem dentro da história, passando da gentileza para o rancor, funcionando muito bem. Wiig cativa tanto como mocinha como vilã e eu espero vê-la muito mais vezes neste universo.


Faltou pouco para ser perfeito


Mulher Maravilha 1984 peca em pequenos detalhes. Até pensei que fosse Os Vingadores: Ultimato quando comecei a ver alguns furos de roteiro (a shade!). Esses furos são momentos que eu ''passei pano'', mas não nego a situação onde vocês talvez virem pra alguém e falem ''menina, não faz sentido essa cena!'', pois não faz.

Outro ponto meio desanimador foram algumas cenas intragáveis de batalha com o Laço da Verdade. Se eu já tinha ranço do laço, agora então piorou. Alguns momentos onde a heroína usa o laço dão um tiquinho de vergonha alheia, confesso (ela consegue se pendurar nos raios, MANO!). Se tivessem menos cenas com o laço e mais porrada, seria lindo demais!

Entretanto, as falhas podem ser ignoradas e nos entregarmos para MM1984, pois além de fantástico, o filme traz duas grandes referências, sendo que uma eu não posso contar, mas a outra dou uma dica: lembram de Super Amigos?


Uma mensagem impactante


O desfecho é emocionante!! O caos total toma conta da história, mostrando que os verdadeiros vilões são o egoísmo, a soberba e o poder. Entretanto, entender o desejo de seu mais intimo coração pode ser a chave para tudo.

Pode parecer apenas mais um filme para divertir o público geek, porém o final é uma mensagem impactante levada para a vida. A mensagem passada pela obra me impactou tanto que agora eu estou vendo muita coisa com outros olhos.

Mulher Maravilha 1984 foi excelente e quase perfeito! Se existe alguém no Universo DC carregando os heróis nas costas, é essa mulher! Assistam, apreciem, comentem com todos e chorem! Recebam a mensagem do final do filme com muito amor! E que venham muitos outros filmes da Mulher Maravilha!!

Gostaram do filme?? Preferem o primeiro ou segundo?? Vocês choraram em algum momento?? Comentem!!

0 comentário