Buscar
  • Hueber Silva

Análise | SnyderCut - O verdadeiro Liga da Justiça que tanto queríamos

Após tanta espera o SnyderCut de Liga da Justiça finalmente aconteceu, é claro que existia uma grande expectativa em cima do longa. Até chegar aqui foi uma longa jornada, onde diversos fãs do mundo todo se reuniram e pediram insistentemente para a Warner a versão do diretor Zack Snyder após o fracasso da versão de Joss Whedon.


O "novo" Liga da Justiça traz uma perspectiva totalmente diferente do que vimos nos cinemas em 2017, onde trouxeram um filme totalmente péssimo e fora dos padrões do que é a DC. Essa nova versão chamada de SnyderCut traz todos os cortes que não foram naquela versão passada, são quatro horas e dois minutos de filme, onde temos 6 capítulos mais o epílogo.



Dessa vez vemos um roteiro sem bagunças e um ponto ligando ao outro no filme, as divisões em capítulos foram essenciais para que pudéssemos ter um entendimento melhor sobre o que representa cada momento do filme. É um longa mais obscuro e não infantil como os desenhos e traz o toque DC e Snyder de qualidade.


Aspectos que vimos no filme de Joss em 2017 e que muita gente reclamou com razão, foi alguns visuais, um deles foi do Lobo da Estepe, que convenhamos, estava pra lá de esquisito, o famoso erro de cgi no bigode do Superman que sinceramente enterrou ainda mais o filme, tudo isso e muito mais foi finalmente corrigido e agora vemos uma versão definitiva que deveria ter ido ao cinema.


Nem precisamos dizer o quanto está melhor né?

Temos dessa vez personagens e cenas que dariam um toque especial, mas que antes foi retirado sem entendimento algum. Hoje a versão do cineasta é completa e com as promessas feitas cumpridas, ou seja, vemos personagens e muitas cenas que poderiam mudar o rumo da primeira versão e que traria uma perspectiva até diferente (não salvaria o longa de 2017, mas poderia ser algo que poderia agregar e deixar o roteiro menos bagunçado).


O único defeito do longa foi o CGI que em duas cenas pareceu um pouco forçado, mas isso não tira o brilho do árduo trabalho de dar o toque do brilhante cineasta.


O que temos de novo e bom nesse novo filme? A volta de Zack Snyder, que deu seu toque especial como ninguém e salvou um filme que lá atrás foi destruído e agora traz cenas primordiais que fecham um arco e podem até iniciar outro se a Warner Bros. permitir. Uma sequência para o longa seria extraordinário, já que sua nova versão mostra-se ser um grande sucesso.


O longa está disponível no Looke, Microsoft, Google Play Filmes, UOL Play e nas principais plataformas de streaming.




0 comentário