Buscar
  • marianafrancomague

Análise | Sociedade Secreta dos Segundos Filhos Reais- clube dos 5 com super poderes

Aproveitando as maravilhas do catalogo do Disney+ cola na gente que vamos te dar uma dica do que ver no mais novo queridinho do mundo dos streamings.

Sociedade Secreta dos Segundos Filhos Reais conta a história de Sam (Payton Elizabeth Lee), a caçula da família real de Ilíria, e portanto a segunda na linha de sucessão, após perder o pai muito criança ela se torna uma adolescente com opiniões fortes, enquanto sua irmã mais velha a perfeita Eleanor foi preparada a vida toda para ser rainha, Sam só quer deixar seu próprio legado.


Ela vai ter a chance de salvar o mundo, quando desdobre junto com outros 4 jovens, também em segundo na sucessão de seus reinos terem superpoderes  derivados de um gene especial dos segundos filhos reais, os 5 serão treinados para fazer parte da sociedade secreta dos Segundos Filhos Reais (a partir de agora chamada nesse texto de SSSFR  porque né????), uma organização que usando seus poderes protege o mundo. A premissa pode parecer boba, mas quando vista na prática se torna uma história bem interessante, a identidade do vilão é guardada até a meia hora final do filme, mas desde o início acompanhamos seus passos, o que torna o primeiro plot twist (sim tem mais de um) bem previsível, já o segundo pode surpreender os mais desatentos, os acontecimentos podem não ser um primor de criatividade, mas o modo como acontecem são emocionantes, engraçados e dão um ótimo entretenimento. Os personagens secundários são um dos pontos fortes do filme, desde o professor /treinador do grupo de jovens, vivido pelo fofo do Skylar Astin (o Max de Zoey s Extraordinary Playlist) que é muito carismático, até os companheiros de Sam na SSSFR, aqui temos basicamente um clube dos cinco, temos Roxana (Olivia Deeble) a princesa perfetinha, mas ao longo do filme vamos descobrindo as camadas da personagem,Tuma (Niles Fitch) o primeiro príncipe negro em live-action da Disney, um bad boy com um coração enorme, Mateo (Faly Rakotohavana) e January (Isabella Blake ) os típicos nerds excluídos na escola, cada um com seu arco que merecem e podem ser mais explorados em uma possível continuação (mas já chegamos lá).

Com certeza a protagonista é um grande ponto positivo, Sam é cativante e facilmente identificável, você entende suas motivações desde o começo e não são frescura de adolescente, são opiniões muito pertinentes, como já falei a história sozinha não sustenta o filme, as cenas de perseguição são muito bem feitas levando em conta que apesar de se tratar de um filme para streaming estamos falando de Disney, então os efeitos quando os poderes são utilizados não são nem um pouco ruins, o final deixa margem para uma continuação, o que será ótimo pois existem muitas possibilidade a se explorar nesse universo Sociedade Secreta dos Segundos Filhos Reais esta disponível no Disney+



0 comentário