Buscar
  • @luigienricky

Análise | The Circle - Pra você que adora comentar sobre Reality Show nas redes sociais

Atualizado: 12 de fev. de 2021

Duas vezes por ano o Brasil entra em estado de calamidade pública para acompanhar os dois maiores programas de Reality Show do país. Claro que estou falando de Big Brother Brasil e A Fazenda. Ambos se tornaram competições a nível copa do mundo com torcidas organizadas e fonte de debates importantes sobre temas polêmicos, como podemos acompanhar na atual edição do BBB com seus participantes "tóchicos".


E pra você, fã declarado desse tipo de programa, que fica o dia todo no Twitter xingando a Jaque Patombá, The Circle é o reality show ideal e tem tudo para compor a santíssima trindade dos programas de realidade da tv brasileira. Quer saber por que? Então é só ficar de olho nessa análise supimpástica!


Chegando com tudo


No reality show da Dona Netflix (que também tem as versões americana e francesa) comandado pela maravilhosasemdefeitosdonadomundo Giovanna Ewbank, nove b̶r̶o̶t̶h̶e̶r̶s̶ competidores são confinados em nove diferentes apartamentos e a única forma de se comunicarem é através de uma plataforma digital inteligente ativada por comando de voz, o Circle! (Isso é muito Black Mirror).


Apenas essa premissa já prova que há espaço para muita confusão, então imagina se as pessoas pudessem se passar por outras? É isso mesmo! Para se dar bem no programa, você precisa ganhar a confiança dos outros jogadores apenas com fotos e mensagens, garantindo que seja bem avaliado e não acabe eliminado. Para atingir esse objetivo vale tudo, até mesmo se passar por outra pessoa!

Uma dessas pessoas usou um fake para se aproximar da galera. E aí? Quem tem mais cara de catfish?

Para e pensa!


Para aqueles que gostam de buscar fundamento em tudo, um "por quê" para qualquer coisa, o The Circle pode ser uma experiência bem interessante pois trás a tona debates sobre o que as pessoas fazem para serem aceitas na internet, chegando ao ponto de fingir ser outra pessoa por achar que o outro é mais interessante.


Claro que o programa não se limita apenas a isso, afinal é uma competição. É muito legal ver as relações sendo construídas pelos competidores. Sejam elas de amizade ou de interesse. E por mais que possa parecer monótono, não é! Ao longo dos dias o Circle vai propondo desafios para testar até onde as pessoas são capazes de ir (ou mentir) para desestabilizar seus concorrentes e levar o grande premio de R$300k! (Muito ouro, inshalá)

Raf melhor pessoa de todas!

E como é que ganha essa bagaça?


Como é um programa feito para plataformas de streaming, ele não conta com votação popular para eleger o grande vencedor, então ganha o programa quem jogar melhor e pronto!


No decorrer dos dias, os competidores devem escalar os demais em ordem crescente, entre quem tem mais ou menos afinidade (ou não, vai da estratégia de cada um) e no final daquele dia, um ranking aparece e os jogadores mais bem votados se tornam os influencers e devem decidir quem eliminar do jogo! Por isso é tão importante criar laços e garantir a permanência no game ou que seu aliado seja um influencer, mesmo que o competidor acabe em último lugar.


Claro que as regras sempre mudam e os competidores precisam encontrar outras formas de garantir sua presença até a final. Até porque, o jogo não para apenas nos nove. Conforme os dias passam, novos jogadores vão entrando para abalar o bangú.


Muita representatividade e visibilidade sim senhor!


Um ponto positivo da Netflix desde sempre é a visibilidade que a plataforma da para todas as pessoas. No The Circle de todos os países, vemos uma alta quantidade de pessoas LGBTQIA+ , várias raças e etnias diferentes também. s2


A competidora Sammie do The Circle EUA até foi indicada ao prêmio People's Choice Awards 2020 na categoria de melhor competidora de Reality Show. Além dela, o fofucho do JP Gadelha do The Circle Brasil já participou da Fazenda em 2020 e, em 2021, Marina também do The Circle Brasil fará parte da nova temporada do The Férias com o Ex (pelo menos é o que a pagina oficial do TheCircle no Twitter está dizendo por ai, muito fifi sim!).

The Circle Brasil é o mais legal de todos, mas se tem alguém que fez a versão EUA valer a pena, foi a Sammie

Novas temporadas vêm aí!


Nem preciso dizer que essa pandemia lazarenta atrasou a produção da temporada dois que já foi confirmada, tanto do Brasil quanto dos EUA. E recentemente as redes sociais do programa voltaram a atiçar seus seguidores dando a entender que em breve as inscrições para o Brasil estarão abertas.


Este que vos fala não aguenta mais a ansiedade e até já criou um perfil imaginário para quando entrar no programa, já tenho até planos para quando ganhar o prêmio (pq eu vou!)


Circle mensagem:

Você já assistiu ao programa (ponto de interrogação) conta pra gente nos comentários (emoji de carinha convencida passando esmalte vemelho ponto de exclamação) enviar...


0 comentário