Buscar
  • @luigienricky

Análise | The Witcher: Temporada 2 - Episódios longos com vários nada decepcionam mais que divertem

O bruxão mais g̶o̶s̶t̶o̶s̶o̶ poderoso da Netflix retorna para uma segunda temporada cheia de promessas e com pouca ação. Apesar de decepcionar bastante, a série ainda consegue entregar momentos emocionantes e nos faz querer ver mais da relação de Geralt e Ciri no futuro, se é que existirá um futuro após uma temporada frustrante.

Uma das poucas coisas que funciona bem é essa relação

Anteriormente...


No começo da história, acompanhamos as jornadas de Geralt, Yennefer e Ciri e o desenvolvimento de cada um para o que viria a acontecer nessa continuação, especialmente às duas últimas. Só no final da temporada é que descobrimos que cada um estava em uma época diferente tomando decisões que afetariam diretamente as vidas uns dos outros. Foi só na última cena do último episódio que Gerald e Ciri finalmente se encontraram.


A segunda parte da história começa algum tempo depois desse encontro e logo nos primeiros minutos de cena já percebemos que os dois protagonistas já tem uma relação solida e estabelecida, ainda que um não confiem direito no outro. A partir daí, a série foca exaustivamente na construção dessa confiança.

A relação é fofa e cansativa

Ciri


A temporada dois torna Ciri muito mais protagonista que o próprio Geralt. Toda a trama gira em torno dela, da descoberta de quem é e do que poderá tornar-se caso não seja bem instruída durante o desenvolvimento dos seus poderes.


É gratificante ver a evolução da menina que passou a temporada passada fugindo e a mulher que se tornou querendo ficar cada vez mais forte e corajosa, fortemente inspirada pelo seu protetor e os demais bruxos que conhece, entre eles o "pai" de Geralt (Kim Bodnia - Killing Eve).


Infelizmente, todo esse desenvolvimento toma muito tempo de tela o que acaba comprometendo os outros personagens que parecem simplesmente jogados. Francesca, Jaskier, Istredd e Dara são simplesmente jogados com seus dilemas e o espectador que se esforce para entender a relação de todos eles com Ciri. A guerra dos Elfos também é super negligenciada pelo roteiro, confesso que precisei dar uma pesquisada na internet para entender melhor tudo que assisti.

Elsa e Daenerys tiveram uma filha...

Assim como na sua temporada antecessora, nos episódios finais tudo faz sentido e se conecta trazendo lógica e sentido para tudo que você assistiu e pareceu solto na história. Infelizmente, as coisas não se encaixam corretamente e fica difícil entender quem é o que, de que lado está e por que está querendo (ou não) lutar nessa guerra que está por vir.


Em certos momentos o roteiro é tão arrastado que precisei levantar do sofá e tomar um café forte para não pegar no sono, ainda que os diálogos sejam interessantes, o que é uma pena!

Fringilla, a definição de FDP. Quero muito mais dessa Deusa no futuro, por favor Netflix

As coisas melhoraram, mas nem tanto...


Uma notável evolução na série foi em relação aos efeitos especiais. Principalmente no que diz respeito aos monstros, a técnica de animação usada evoluiu bastante. Infelizmente, no que se refere aos cenários, ainda tenho a impressão que to vendo aqueles episódios bizarros de Once Upon a Time em que os personagens parecem descolados da tela dando aquela vontade de gritar: "Isso aí é fundo verde!" mesmo sabendo que a maioria é...


Embora seja parte do roteiro da série, algo que me incomodou muito foi o fato de Yennefer passar a temporada toda sem poderes (o que deve ter barateado os custos de produção) e mesmo que tenha contribuído positivamente para o desenvolvimento dela, tirou muito do brilho da personagem, o que é uma pena. Quando precisa de fanservice, cadê?

Jaskier foi outro abandonado pela história

Mesmo com acontecimentos importantes que fazem a história avançar, a série parece muito mais arrastada do que o normal e tirou de mim aquela vontade de maratonar me fazendo apreciar a obra em doses homeopáticas.


De qualquer forma, ainda não acabou e há muito o que contar (ou cantar se Jaskier não for abandonado de novo) sobre as peripécias de Geralt, Ciri, Yennefer e companhia...



0 comentário