Buscar
  • @myycampos

Análise | Tudo bem no Natal que Vem - É tipo Click Brasileiro de Natal!

Tudo Bem no Natal que Vem estreou na Netflix dia 03/12 e já é o quarto filme mais assistido no mundo na plataforma, segundo dados do Flix Patrol. Venha entender o porque do sucesso!


Filme de natal brasileiro de comédia?


Pois é, o preconceito com as produções nacionais, principalmente as comédias ainda é muito grande em boa parte dos ditos cinéfilos, mas o que eu já posso adiantar é que essa versão do natal brasileiro pode te arrancar boas gargalhadas e muitas lágrimas.


A premissa do filme é que acompanharemos o Natal de Jorge (Leandro Hassum) um pai de família que odeia o natal além de fazer aniversário nesse mesmo dia! Acontece que durante o Natal de 2001 ele é convencido a se vestir de Papai Noel, e acaba caindo do telhado, com a queda ele se vê preso num looping de sempre acordar no dia 24 de dezembro de cada ano, tendo que lidar com as consequências dos últimos 364 dias, e aí que começa a diversão.


É tipo Click Brasileiro de Natal!


Para mim não há melhor definição pra essa história. Acompanhar Jorge em sua saga para entender o valor da família em meio a clichês natalinos que só o brasileiro vai entender é o que explica a beleza dessa obra.


A gente já sabe exatamente como é o Natal americano, com sua neve, suas meias na lareira, suas tradições e cantorias, mas agora chegou nossa vez de mostrar para o mundo como se faz um natal beeem brasileiro "sem nada estrangeiro, calor de dezembro, sem neve e sem frio!"


Todos nossos clichês estão lá, do supermercado lotado ao tio do pavê e é uma delícia essa sensação de se sentir em casa, afinal, quem não ama se vestir todo chique pra sentar na sala?


O Jorge!


Além do dia do natal, dia 25 de dezembro é também aniversário de Jorge, e como ele mesmo diz no filme, "como concorrer com o aniversariante mais importante do ano" e aí desde pequeninho que Jorge não se dá com o natal e, justamente ele, é obrigado a acordar todo dia exatamente nessa data.


Vemos aos poucos Jorge entender a verdadeira essência da data e a importância dele no dia a dia com a sua família que até ele mesmo tinha esquecido.


Do Riso as Lágrimas


Pode preparar o lencinho! Por mais que seja um comédia, o longa consegue ser emocionante e arrancar lágrimas até dos corações mais duros. A relação entre Jorge e a sua família é o que dá o brilho a essa comédia e eu acredito que seja essa magia que arrebatou o coração do público levando o filme a ser esse sucesso. Vale uma menção a atuação da atriz Arianne Botelho, como Aninha.


Além é claro da veia cômica de Hassum que é um ícone da comédia. As caras e bocas do ator nas mais diversas situação patéticas que o personagem é submetido são impagáveis.


Se você ama filmes natalinos ou filmes que nos fazem analisar nosso dia a dia, mas de forma mais branda recomendo que dê uma chance pra esse que pra mim é um novo clássico de Natal!



Feliz Natal a todos os amantes do mundo Geek!




0 comentário