Buscar
  • Carolina Mezalira

Análise | Um dia com Jerusa – representa as mulheres brasileiras negras de forma realista

Na infância com certeza vocês adorariam passar um dia na casa da sua avó, onde poderiam brincar à vontade e no fim da tarde se sentariam com seus primos para relaxarem ao pôr do sol enquanto apreciam um delicioso café da tarde, esse ambiente acolhedor é retratado no filme Um dia com Jerusa da Dona Netflix.

A diretora e roteirista brasileira Viviane Ferreira cria uma trama de um único ambiente com apenas duas protagonistas trazendo assim leveza e dinamismo para a história, enquanto a primeira é uma idosa de quase 80 anos, sozinha e repleta de tempo livre e a única coisa que quer é uma companhia para poder conversar a vontade, já a segunda é uma jovem pesquisadora, à moda do porta à porta, ela tem o objetivo de ir em todos os vizinhos fazer uma entrevista a respeito de marca especifica de sabão de pó, por essa razão ela acaba entrando na casa de Jerusa (Léa Garcia).


Podemos perceber que a premissa é simples e eficaz, sem levar os telespectadores a conhecer a vida das personagens em longas cenas e explicações, tudo é resolvido em um bate papo entre Jerusa (Garcia) e Silva (Débora Marçal), criando uma relação rapidamente como se fossem neta e avó ou velhas amigas.

Sem falar que todos os personagens do filme da plataforma são majoritariamente negros, então quando a jovem pesquisadora entra no que achava ser uma visita rápida, na verdade ela está entrando em um encontro de gerações de mulheres negras, dessa forma a proposta inicial da diretora se concretiza.

No decorrer de Um dia com Jerusa a conversa entre as duas mulheres fica cheia de metáforas, entre eles temos a solidão de uma e a necessidade de ser ouvida da outra, além de que, cada uma viveu em épocas e períodos diferentes, mesmo assim elas se complementam com suas devidas vivências. Podemos concluir que o filme não é para todo mundo, chega ser bem parado ás vezes, mas passa uma mensagem importantíssima para os dias atuais principalmente se tratando do povo negro.



Vocês já assistiram Um dia com Jerusa? Gostaram? Não esqueçam de seguirem o Fendageek nas redes sociais para ficarem por dentro das novidades!

0 comentário