Buscar
  • marianafrancomague

Análise | A Vida de Dug - Você nem conhece mas já ama!

No Investor Day da dona Disney no ano passado, foram divulgados vários (muitos mesmos) projetos novos para o Disney+, incluindo Vida de Dug, que chegou ao streaming da dona do mundo essa semana e nós já fomos correndo pra assitir e poder contar tudo pra você agora.


Depois do Felizes para Sempre


Pra quem não se lembra, o Dug é o cachorro de Up: Altas Aventuras, que tinha uma coleira tecnológica que permitia transformar seus pensamentos em som emitidos pela coleira, que por sua vez foi projetada pelo antagonista do filme, Charles Muntz.


Dug encontra a expedição de Carl e Russel na América do Sul, e depois que eles derrotam o vilão, o cachorro volta para os EUA com os exploradores, e é daí que encontramos nosso doguinho novamente quando ele e Carl encontram uma nova casa.


A abertura do desenho já mostra Carl e Dug escolhendo sua nova casa onde podemos ver diversas referencias ao filme original, como uma rosa dos ventos no formato do pássaro Kevin que também aparece no filme.

Quem diria, hein?

Talvez os xóvens que estão lendo essa matéria não peguem a referência, mas Vida de Dug me remete muito a desenhos da era clássica do Cartoon Network, como Laboratório de Dexter e Coragem o cão covarde, por se passar em um único cenário e por ter em cada episódio uma história com começo, meio e fim.


A dublagem está impecável, apesar de não termos a presença grandiosa de Chico Anysio como Carl, mas Walter Cruz não é menos brilhante e você só ira perceber a diferença se for muito apegado a animação original.


O único ponto negativo mesmo, é o fato de serem apenas 5 episódios de 10 minutos que você assiste numa tacada só e fica querendo mais pois é muito divertido e bate forte na nostalgia para quem (como eu) viu Up nos cinemas.



A Vida de Dug é o tipo de série pra você assistir jogado no sofá no sábado de manhã e ainda curtir uma boa nostalgia.













0 comentário